Maria Julia Veronese
Comunicóloga tentando impactar o mundo com as palavras. Tagarela, sonhadora e persistente (não necessariamente nessa ordem). Seja bem-vindo!

Aplicativo de envelhecimento pode colocar sua privacidade em risco

Quem acompanhou as mídias sociais nos últimos dias percebeu que um aplicativo de edição de imagens ficou muito famoso entre os usuários. Trata-se do FaceApp, ele aplica diversos filtros que acabaram viralizando em todo o mundo.

Os efeitos da vez são a mudança de gênero, envelhecimento e a troca de visual, como cores e cortes de cabelo. 

Quais são os riscos à privacidade

Hoje em dia nós devemos ficar atentos a tudo que surge na internet, principalmente quando pedem autorizações de uso de dados, seja informações, acesso ao dispositivo, gravação de som e imagem, entre outros. 

Com o uso do reconhecimento facial aumentando nas ferramentas e empresas, os riscos da venda de informações para outras empresas, ataques de hackers e roubo de dados também aumentam. Essa tecnologia é utilizada para dar acesso a informações e dados sigilosos e funciona como uma senha. 

O maior problema é que 64% dos brasileiros não leem as condições de um app antes de baixar, esquecendo totalmente de verificar as configurações de privacidade e segurança.

Como o vazamento de dados pode impactar uma empresa

Muitos colaboradores usam o celular pessoal para acessar planilhas, contas comerciais ou informações da empresa. Esses dados ficam gravados no smartphone e, em caso de um ciberataque, os criminosos podem ter acesso não só a informações pessoais do dono do dispositivo, como da empresa que ele trabalha. 

A exposição de dados sigilosos, além de trazer prejuízos financeiros, podem afetar a credibilidade da marca e o nível de confiabilidade dos clientes. Como uma empresa que já teve informações sensíveis divulgadas pode ser segura? 

Nesse vídeo, o CEO da Buysoft conta o que você deve fazer para não sofrer vazamento de dados: 

Dicas para você se proteger 

  1. Leia os termos de privacidade e entenda quais informações são solicitadas pelo aplicativo;
  2. Tenha certeza que o aplicativo é de confiança, confira dados do desenvolvedor, data de lançamento e use apenas lojas oficiais para fazer o download; 
  3. Entenda que o reconhecimento facial funciona como uma senha, procure saber para que essa informação será utilizada, seja em aplicativos ou no momento de realizar cadastros, como em academias;
  4. Fique de olho nas informações solicitadas, como login de contas das suas redes sociais. Verifique todas as permissões são solicitadas antes de aceitá-las, SEMPRE! 

 

Siga as redes sociais da Buysoft e fique por dentro de como os softwares podem ajudar no desenvolvimento da sua empresa:

Facebook | Youtube | LinkedIn | Instagram